top of page
  • Andre Martins

Aposentado coloca caixão em frente ao INSS pra provar que não morreu



Sem receber sua aposentadoria há 7 meses, o aposentado Ricardo Santana de Arruda Leme encontrou uma forma inusitada para protestar: colocou um caixão na porta do INSS da cidade de Piracicaba-SP.


Ricardo esbarrou na burocracia do INSS e simplesmente não consegue provar que está vivo. Seus documentos foram usados por criminosos e ele acabou constando como morto para o INSS.


“Eles alegam que eu estou falecido, que eu estou em óbito”, disse ele à TV Globo da região. “Faz sete meses que eu não recebo. Não é justo, eu acho que eu não mereço isso. Eu trabalhei direitinho minha vida toda.”

O aposentado contratou um advogado que cumpriu todas as burocracias para provar que ele está vivo, mas o INSS deu um prazo de 85 dias para solucionar o problema. Curiosamente, o mesmo problema já havia ocorrido sete anos atrás, mas na época ele conseguiu provar que estava vivo.


Depois de duas horas de protesto na frente do INSS na quinta-feira (2), o aposentado recebeu um documento informando que voltaria a receber o benefício.


“Estou muito aliviado. Acho que a gente deve correr atrás daquilo que tem direito. Fui muito bem atendido”, vibrou o aposentado.


12 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page