top of page
  • Foto do escritorkerysonlima

Prefeitura de São Luís prioriza vacinação e esquece os demais serviços da Saúde


A Prefeitura de São Luís foi destaque nacional pelo avanço da vacinação contra a Covid-19. Chegou a ser chamada capital da vacina. De fato, o Prefeito Eduardo Braide não poupou esforços e elaborou uma grande estrutura para imunizar os ludovicenses contra o novo coronavírus. No entanto, os demais serviços de saúde prestados pela Prefeitura foram deixados de lado.


Uma reclamação recorrente dos ludovicenses que dependem do SUS é a dificuldade em marcar consultas, serviço realizado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Central de Marcação de Consultas e Exames (CEMARC). Quem precisa de uma consulta tem enfrentado grandes dificuldades.


As pessoas têm recorrido aos vários pontos de marcação de consulta, mas sem êxito. Por telefone também não conseguem. Alguns relataram ao titular deste Blog que tem a impressão que os telefones ficam fora do gancho. Porque chama e ninguém atende.


Diante das inúmeras reclamações, têm sido frequentes as reuniões entre o Prefeito Eduardo Braide e o Secretário de Saúde, Joel Nunes, para traçar estratégias a fim de sanar o grave problema. A população precisa de respostas rápidas. A saúde não pode esperar.


Vale lembrar que durante a campanha, Braide disse que a Saúde seria prioridade no seu governo. Mas, parece que o prefeito esqueceu a promessa. Basta dar uma olhada no Hospital da Criança, abandonado desde a gestão do ex-prefeito Edivaldo Holanda Júnior que enrolou a população e não entregou a unidade de saúde; as Unidades Mistas e os Centros de Saúde também seguem abandonados.


Reconhecemos o trabalho do Prefeito Braide no quesito vacinação, mas Saúde não se faz só com imunização. Milhares de ludovicenses precisam de consultas, exames e tratamentos. A Saúde precisa ser tratada com responsabilidade.

20 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page