top of page
  • Foto do escritorAndre Martins

Projeto Cuidar + entrega ovos de Páscoa para estudantes da APAE


O Projeto Cuidar +, coordenado pela primeira-dama de São Luís, Graziela Braide, participou, nessa terça-feira (4), de uma tarde de muita doçura na Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais de São Luís (APAE). Na oportunidade, o Projeto Cuidar + distribuiu ovos de Páscoa para os estudantes da Escola Eney Santana, mantida pela APAE de São Luís.


Ao todo foram 320 ovos doados com a parceria da Associação Maranhense de Supermercados (Amasp), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio) e Serviço Social do Comércio (Sesc-MA). Na oportunidade, a coordenadora do Projeto Cuidar +, Graziela Braide, acompanhou a apresentação dos alunos, com o tema Jesus é nossa Páscoa, com a encenação de um trecho da via sacra de Jesus Cristo. Logo em seguida, foi feita a distribuição dos ovos.

"Eu já venho aqui há alguns anos para trazer um pouco de doçura com a entrega dos chocolates, nesse momento que é a celebração da Páscoa e é sempre um prazer. Sempre sou muito bem recebida e agradeço a todos vocês. Sei que esse é um momento importante, de festa porque estamos na Páscoa. É uma alegria enorme ser recebida com tanto carinho e amor. Eu só tenho a agradecer. Muito obrigada por tudo”, disse Graziela Braide, durante a ação.


A assessora jurídica e voluntária da APAE, Maria da Conceição Lima Melo Rolim, agradeceu a presença do Projeto Cuidar + na instituição e ressaltou a importância do ato para os estudantes. "A gente fica muito gratificado de estar sendo contemplado com um projeto de grande magnitude. A gente sabe o que representa esses chocolates para essas crianças. Só temos a agradecer por esse momento, por trazer essa alegria, esse brilho, esse contentamento porque a gente vem para um momento de ressocialização, de congraçamento, não só pela Páscoa que é uma grande celebração da Semana Santa, mas também por estarmos aqui todos comungando desse momento fantástico", declarou Maria da Conceição Lima Melo Rolim.


Sobre a Apae e Escola Eney Santana

A APAE São Luís é uma entidade assistencial e educacional, filantrópica e sem fins lucrativos, que tem como objetivo promover a atenção integral à pessoa com deficiência, prioritariamente aquela com deficiência intelectual ou múltipla.

No Maranhão a primeira APAE fundada foi em São Luís, em 10 de março de 1971, tendo como marco inicial a iniciativa de um grupo de pais de pessoas com deficiência intelectual, que não tinham acesso a atendimentos público ou privado que satisfizessem suas necessidades nas áreas de educação, reabilitação, médica, psicossocial, dentre outros imprescindíveis para o seu desenvolvimento cognitivo, social e psicomotor, e viviam à margem da sociedade onde imperava o preconceito e a discriminação.


Já em março de 1972, foi fundada a Escola Eney Santana, mantida pela APAE de São Luís, para contribuir para o desenvolvimento da educação e formação ética e cidadã da pessoa com deficiência intelectual ou múltipla, por meio de ações concretas de desenvolvimento de suas habilidades e competências, qualidade de vida e inclusão social. Nela é possível trabalhar o desenvolvimento do educando por meio da educação, qualificação e inclusão no trabalho, das atividades de esportes, artes, informática educativa, dentre outras, que fomentam as condições para a promoção da inclusão escolar e social com efetividade e qualidade.

Com o trabalho realizado na instituição, seus estudantes são destaques em festivais nacionais e internacionais, que levam para fora do Estado o nome da APAE.


Entrega de Cestas básicas


O Projeto Cuidar + também realizou no último dia 1°, outra ação social com entrega de cestas básicas para famílias de crianças com microcefalia e doenças raras, atendidas pelo Instituto Amor Incondicional.


O Instituto Amor Incondicional, fica localizado na Rua das Hortas, no Centro de São Luís, acolhe crianças de meses até 25 anos de idade e suas famílias, dos interiores do Estado, que vêm para São Luís para consultas médicas e precisam de um local para ficar e se alimentar, durante esse período que precisam permanecer na cidade. Além disso, o local também atende as crianças nessas condições que residem em São Luís, ajudando com o chamado kit mãe, que consiste na entrega de cestas básicas, fraldas, leite e produtos de higiene.


Nesse ano, no próximo dia 8 de maio, o Instituto Amor Incondicional, que foi fundado pela Erika Camila, depois que ela teve um filho com microcefalia, completará dois anos.


“Agradeço demais à primeira-dama ter vindo aqui conhecer nosso projeto. É uma benção e uma honra. A gente sempre pedia muito a Deus que um dia ela pudesse vir conhecer nosso trabalho e ela veio, conheceu e trouxe umas doações maravilhosas”, contou Leidiana Dias, secretária do Instituto Amor Incondicional

25 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page