top of page
  • Foto do escritorAndre Martins

Se depender de Augusto Aras, Márcio Honaiser PDT e Cleber Verde Republicanos perderão mandatos




O procurador Geral da República, Augusto Aras, não concorda e tem interpretação diferente do TSE, em relação às chamadas sobras para formar as bancadas, o Procurador Federal, entendo que as sobras só podem ser calculadas entre os partidos ou federações que conseguem o chamado coeficiente; ou seja os que com a soma dos votante, divididos pelas vagas disponíveis, assim a partir do momento que um partido ou Federação, consegue eleger um ou mais, passa então a fazer parte da sobra com os demais que fizeram o coeficiente para completar as vagas. Os partidos ou Federação que não alcançaram o coeficiente, esses não devem ter participação nas sobras; essa é a interpretação do Procurador Geral.


Com esses argumentos, Aras recorreu ao Supremo Tribunal Federal (STF), onde questiona a posição defendida pelo TSE, Tribunal Superior Eleitoral.


Se a pretensão da PGR, for acatada pela Suplema Corte; deputados Cleber Verde do Republicano e Márcio Honaiser do PDT, da bancada Maranhense, perderão perder seus mandatos para Hildon Rocha MDB e O ex- Secretário Cleyton Noleto, além do Estadual Neto Evangelista, este eleito pelo UB, pode perder a vaga para César Pires PSD, mas isso não fica por aí, até pelo fato de que isso é uma decisão Nacional, caso prevaleça o pensamento de Aras, mudará e muito a configuração das bancadas no Congresso e também nos Legislativos Estaduais, portanto é aguardar.

Comments


bottom of page